Assuma sua identidade

“Eu não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todos os que creem, primeiro os judeus e também os não judeus. Pois o evangelho mostra como é que Deus nos aceita: É por meio da fé, do começo ao fim. Como dizem as Escrituras Sagradas: “Viverá aquele que, por meio da fé, é aceito por Deus.”
– Romanos 1:16,17


“A identidade é o conjunto das características e dos traços próprios de um indivíduo ou de uma comunidade. Esses traços caracterizam o sujeito perante os demais. A identidade também é a consciência que uma pessoa tem dela própria e que a torna em alguém diferente das outras.”

Normalmente o ser humano assume uma identidade pelas coisas que amam, pois entendemos que não devemos sentir vergonha daquilo que fazemos parte, seja o mesmo certo ou não. A fase da adolescência é aquela que mais demonstramos isso, é muito fácil identificar as coisas que um adolescente gosta, basta olhar para ele e prestar atenção no que ele fala, com quem anda e como se porta perante a sociedade. Na fase adulta entramos em transe e começamos a amadurecer bastantes coisas, vemos alguns exageros e desfazemo-los, vemos alguma faltas e preenchemo-las, afinal é aqui que começa as decisões futuras, é a hora de parar de achar que o universo é um conto de fadas e cair na real. 

O mesmo acontece no evangelho. De imediato não entendemos ao certo o que acontece quando entregamos a nossa vida a Jesus, achamos que ele vai alterar apenas o estilo, o modo de falar e os lugares que devemos frequentar, mas não é apenas isso, Jesus vem para mudar literalmente as nossas vidas. Quando adentramos essa nova realidade, é como se voltássemos a ser crianças com necessidades especiais: a necessidade de aprender a confiar, a andar, a falar, a se vestir, a pensar e a se entregar. Entendemos que tudo que já vivemos, foram experiências necessárias para nos tornar o que somos hoje, mas a partir daqui devemos entender que Cristo definirá o que seremos amanhã. 

Aparentemente parece fácil chegar para um novo irmão na fé e descarregar tudo o que ele deve e não deve fazer: 
- Você tem que ir para todos os cultos!
- Não, você não pode nem pensar em bebidas alcoólicas!
- Você tem que se vestir diferente, está congregação tem doutrinas!
- Não, você não pode ficar falando xingamentos!
- Você tem que largar tudo e seguir a Jesus de verdade!

Enfim, começa uma confusão entre “sim” e “não” e as dificuldades começam a aparecer, o desanimo a bater, e os desejos de voltar à velha vida sem Cristo. 

“Cristo me ama, não poderia ser mais fácil?”
“Cristo me disse que me aceita como estou, e porque Ele me pede pra deixar de ser quem eu sou?”

O processo de conversão de um homem não é nada agradável, principalmente quando ele vem de um lugar completamente oposto do que está tentando seguir hoje. É um procedimento árduo, mas que necessita de amor. 

O amor de Cristo nos constrange e não nos deixa entender como ele ama seres tão nojentos como nós, mas é simples, ele tem todo o poder de transformar um homem imprestável em um filho redimido, perdoado e lavado em seu sangue, para usar o mesmo para a sua Glória! É isso que Ele faz do inicio ao fim, transforma! 

E quando ele chega, não há quem resista a sua doce voz, a sua imensa Graça e a sua infinita misericórdia. 

Precisamos entender que é necessário assumir uma identidade por Cristo que não se limita a uma determinada roupa ou linguagem, trata-se de uma transformação por completa: Antes de Cristo eu era um pecador condenado, hoje com cristo eu sou um pecador transformado! 

Paulo afirmava que não se envergonhava do Evangelho, não somente porque ele amava a Cristo, mas porque Ele entendia que o Evangelho transformava literalmente o homem e Paulo foi uma das provas disso: Antes de Cristo um assassino de Cristãos; depois de Cristo um mártir. 

Cristo vem para nos tirar de nossa zona de conforto, vem para nos ensinar a fazer coisas que jamais pensaríamos em fazer e vem para que voltemos ao caminho da eternidade - um caminho estreito, difícil, desafiador - , mas quando encontramos esse caminho, torna-se impossível conseguir voltar atrás. 

Como dizia Agostinho: 
"Jesus, é muito difícil te seguir, mas, é impossível te deixar!"

Um comentário:

  1. Jesus é irresistível!!!
    Obrigada por se deixar ser usada por Deus e abençoar vidas.
    Que a verdade continue sendo dita através de sua vida. Lindo texto. <3

    ResponderExcluir

Através de vidas, você pode ser edificado. E através de você vidas podem ser edificadas. Deixe seu comentário :)