Postagens populares

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

E o que se leva da vida?

“Vocês não sabem como será a sua vida amanhã, pois vocês são como uma neblina passageira, que aparece por algum tempo e logo depois desaparece.”
- Tiago 4:14
Esse é o ultimo post do blog deste ano de 2016, e normalmente fazemos uma reflexão no contexto de tudo que vivemos durante o ano. Mas, neste texto de hoje não quero refletir no que se passou, mas no que nos tornamos. Foi um ano difícil, inclusive pra mim, e no ultimo acontecimento que me ocorreu que foi a morte de uma amiga querida, eu queria refletir a respeito do nosso “legado” nesta terra.

“O legado é o que uma pessoa deixa quando morre. Pode ser um legado, se um novo artista para pintar um modo, se um poeta escrever uma nova forma de poesia, se você pode deixar uma herança religiosa como uma instituição de caridade.” (Dicionário informal)

Qual é o seu, o meu, o nosso legado se morrermos hoje?
O que deixaremos para as seguintes gerações?
Que tipo de coisas vão pensar e falar quando nosso nome for citado?

Aprendi lendo e vivendo que a nossa vida é breve, se durar um ano será breve, se durar 100 anos será breve também. Sem nada viemos a terra e sem nada retornaremos para ela, mas nesse meio tempo existe uma missão a ser cumprida e um legado a ser deixado para aqueles que ficaram, para aqueles que precisam continuar a vida independente da nossa, e nós necessitamos viver de uma forma proposital. 

Por que eu acordo todos os dias?
Por que eu como, bebo e pratico exercícios?
Por que eu estudo?
Por que eu faço as coisas que eu sempre faço?
Tudo deve existir um propósito e um grande propósito. 

É por isso que muitas pessoas não vivem, apenas vegetam, pois fazem as coisas de qualquer jeito, de qualquer forma, mas tenha em vista que tudo o que você faz, determina quem você é, e isso tem uma importância tremenda.
Futuras gerações dependeram das escolhas que você faz hoje.

A minha amiga que faleceu, deixou um grande legado, eu a admiro demais por isso. Quando reflito sobre seus dias, tenho um grande exemplo para enfrentar os meus. Quando lembro que ela fez o possível para cumprir sua missão aqui nesta terra, eu sei que não existe desculpa para que eu desista da minha missão pessoal. O legado dela abalou a minha vida e está me ajudando a ser grata ainda mais pelos meus dias, a ser forte mesmo em meio a dor e a não desistir. 
Eu poderia escrever milhares de páginas sobre ela, mas aprendi também que enquanto estou nessa terra tenho que construir as páginas da minha vida que serão lida por outros que virão após de mim.

Não entre em um novo ano querendo apenas que sua vida financeira melhore, que seu estado civil seja feliz para sempre e que tudo ocorra segundo a “sua vontade”.

Viva com propósitos e queira ser tudo o que foi criado para ser, esse com certeza é o melhor legado.

E o que se leva da vida? Bom, já diria o poeta: “É a vida que se leva”. 



Deus abençoe imensamente cada um, eu amo estar aqui com vocês, é uma honra fazer esse trabalho para o Senhor. 
Que Ele nos conceda mais e mais oportunidades!
Fiquem na paz de Deus queridos 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

A oração de quem ama

Quando eu dobrei os meus joelhos para orar por você, pensei:

Eu poderia falar a Deus a respeito da cor dos seus olhos, posso pedir-lhe sobre a cor de sua pele, posso apresentar ao Senhor o estilo que quero que tenha e as musicas que quero que ouça.

Eu poderia falar a Deus a respeito de suas habilidades e Hobbies, poderia passar horas e horas apresentando-o o tipo físico que eu admiro. Quem sabe eu poderia também, mesmo sem conhecê-lo decidir sua faculdade e profissão; poderia escolher também qual função teria na igreja e como também me conquistaria...

Sim, eu poderia em todas as minhas orações citar todas essas coisas, mas não o fiz.

Não gosto de gastar o meu tempo buscando aquilo que é superficial, prefiro coisas eternas que o tempo não pode apagar.

Quando eu dobrei os meus joelhos para orar por você, eu não pedi que fosse rico, mas que tivesse um coração que nem o de Cristo.

Eu não pedi que fosse malhado, mas que me amasse que nem Jesus fez.

Eu não pedi que tivesse olhos claros, mas olhos espirituais para nos livrar do mal.

Eu não pedi que me satisfaça com todos os bens que o mundo oferece, mas que somente em um abraço eu possa me sentir protegida.

Eu não pedi que tivesse o melhor emprego do mundo, mas que em tudo que tiver, saiba que é para cuidarmos um do outro.

Eu não pedi que me achasse a melhor mulher do universo, se eu conseguir ser o que Deus instituiu, 
pra mim está bom.

Eu não pedi que se humilhasse aos meus pés, mas que amparasse todas as minhas lágrimas.

Eu não pedi um homem fraco, superficial, grosseiro e egoísta, mas um homem com o caráter de Cristo, o amor de Deus e a sensibilidade do Espírito Santo.

Quando eu dobrei os meus joelhos não foi para falar do que eu queria e sim do que Cristo quer pra mim e espero que Ele esteja me moldando para que eu me torne o que Ele quer pra você...

- Shirley Costa

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Moço, isso não me enche os olhos

Moço,

Não tente me impressionar com os seus braços malhados, isso não me enche os olhos.

Não tente me impressionar com a sua profissão, seu saldo bancário ou bens materiais como: Moto ou carro, isso não me enche os olhos.

Não tente me impressionar com falsas promessas e conversas fiadas, isso não me enche os olhos.

Eu me impressiono com caráter, princípios, boa conduta, integridade.

Fama de homem respeitador, decente, trabalhador e honesto.

Não venha gabar-se dizendo que é um bom conquistador, que se orgulha disso, que faz isso e aquilo outro. Porque eu tenho nojo disso. Afaste-se! Pois a minha alma despreza tais atitudes.

De nada vale ser um homem forte e sarado, ter graduação e sucesso profissional, vida tranquila e próspera... Se não for um homem de respeito e princípios.

Lembre-se moço: O tempo passa, o dinheiro acaba, os bens materiais se findam, você vai envelhecer.

Se quiser impressionar uma moça de princípios, de caráter e integridade, ofereça o seu coração, a sua atenção, o seu respeito, faça com que ela sinta-se segura. Porque se oferecer os seus bens, serás apenas usado e acabará sem nada.

A beleza física, saldo bancário, bens materiais não impressionam uma mulher como eu. Gosto mesmo é da essência, do caráter, do pulso firme à liderar um lar, da segurança que me passa.


É isso que me enche os olhos.

--
Patrícia Gomes