Desejos dos 21 anos

Dia 29 de Janeiro é meu aniversário e estou completando 21 anos! Que maravilha a velhice hein rs? Enfim, gosto de expressar a minha vida através de música e poesia e para essa data escolhi uma do Carlos Drummond de Andrade, espero que gostem, por que eu amei!
Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva

Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga

Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico

Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia

Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança

Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal

Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada

Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo

Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona

Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.

- Carlos Drummond de Andrade

Amor escondido

Naquela noite ele a tirou para dançar, assim, sem ela esperar ... Tocava aquela canção que a fazia pensar nele todas as noites antes de dormir.
Ela não acreditava que o homem por quem o seu coração acelerava, finalmente estava tão próximo. Ele não sabia mas ela o amava perdidamente.
O toque daquela canção era tão doce e falava de amor.
Ela sentiu o seu cheiro e chorou escondida no seu ombro.
É, ele não pôde perceber o sorriso dela que expressava tamanha felicidade; ele não percebeu o amor que transbordava por aqueles olhinhos tão apaixonados e não se deu conta de que estava com o par perfeito, a mulher de sua vida.
Mas isso não a entristeceu naquele momento. Ela estava imensamente feliz por estar ali a sós com ele, tão pertinho, ao som daquela linda canção. Ela escondera dele esse sentimento, talvez por falta de coragem ou medo de se decepcionar e por isso vinha sofrendo de amor por ele .
Talvez agora seja o momento certo de falar, mas quero que ele enxergue em mim.
Não quero contar-lhe. Pensava ela, enquanto apreciava aqueles minutos agarrada a ele.
A canção, o cheiro dele a respiração, ah como ela o amou naquela noite, tudo muito lindo e inspirador.
Já em casa, perdeu o sono de tanta felicidade não conseguia dormir.
logo cedo pela manhã o telefone toca e quem mais poderia ser? Ele, ele mesmo!
ela não acreditava , ficou sem reação.
Ele disse:
- Bom dia, ontem eu dancei com a moça de mãos e pele mais delicadas que já pude sentir, ontem eu não quis dizer nada mas vi uma lagrima escorrer pelo seu rosto. Você me dá permissão pra ir até a sua casa?

Ela tremeu, sorriu, não acreditou no que acabara de ouvir ... disse "Sim" com tom de voz baixo e trêmulo.

Tomou um banho, colocou o melhor perfume que tinha, tomou café da manhã e ficou no jardim aguardando o seu amor chegar. Nervosa, mãos frias e lábios brancos, mas o coração acelerado de tanto amor e felicidade.

Ele se aproximou, estava ali bem diante dela. A olhou no fundo dos olhos e perguntou:  - Como eu não pude antes perceber ? Como você é linda, agora eu vejo o que você sente por mim, posso ver a doçura do seu ser, vejo a sua delicadeza e sua força, vejo que precisa de mim.

Ela o abraçou e com lágrimas nos olhos disse: Você não sabe o quanto tempo eu esperei por isso, você é o meu sonho e disse repetidas vezes: Eu te amo!

Ele sorriu, acariciou o seu cabelo, enxugou suas lágrimas, beijou sua testa e disse: Não chore. Finalmente encontrei o meu amor. Você estava tão próxima e eu nunca havia notado. Mas agora estamos aqui e eu quero fazer de você a única na minha vida, mulher amada e protegida .

Eu te amo, disse ele, e a beijou com todo amor do mundo.

- Patrícia Gomes

Salvador ou Senhor?

Nos últimos dias tenho vivido uma guerra espiritual muita grande dentro de mim. Tenho me questionado muito, e ultimamente não está sendo poucos os "baques" que estou levando. E sempre, de alguma forma, com todo jeito, Deus fala conosco, mas, muitas vezes não é o que queremos ouvir e sim o que precisamos desesperadamente ouvir e tomar uma atitude.

Quem me conhece sabe que não é "qualquer coisa" que chama a minha atenção. 
Não é qualquer livro, qualquer texto, qualquer conversa, qualquer música que vai me elevar a pensar, que vai me estimular e principalmente me fazer mudar de atitude, e o meu Pai sabe disso, e tem sido tremendo as coisas que Ele está me fazendo enxergar. 
Desde a minha adolescência, quando eu aceitei a Jesus na minha vida, logo de cara eu não entendia isso, achava que devíamos ir na igreja e não fazer coisas erradas, por que Deus aprovava seres humanos assim e acabou. Deus foi lá, e mudou isso, não era apenas ser boa, por que eu não era "boa", mas por amor, ele morreu por mim para que eu tivesse perdão e pudesse viver com Ele. 
Eu fiquei louca pra pregar isso, cara, Deus me ama! Ele morreu por mim, Ele sentiu as minhas dores, Ele se compadece dos meus sofrimentos, me protege, me escuta e me chama de Filha!

Mas, logo você vai encontrando a maldade no mundo e se pergunta: Deus não ta vendo isso, por que não faz alguma coisa? E muitas vezes se desanima, e em meio a seus problemas até se esquece do amor dele, da presença dele e do plano dele. Sim, plano. 

Em meio a tanto sofrimento, a tanto problemas, você descobre que Deus tem um plano pra você, que Ele sabe direitinho o futuro brilhante que Ele planejou pra sua vida, mas (sempre tem o "mas"), Ele precisa te moldar e te fazer crescer e isso só acontece pelo sofrimento (Leia Hebreus 12). 

Deus não vai te dar nada de bandeja, pra você jogar fora depois! Ele precisa que voce pare de sonhar com tanta fantasia, que pare de ser ansioso, que para de ser avarento, que deixe de ser mentiroso e principalmente, Ele precisa que Confie nele. 

E seguindo nesse caminho, eu encontrei uma pedra, não a mesma de Carlos Drummond De Andrade, mas uma pedra que pode interferir em todo caminho. 

Jesus é seu Salvador e Senhor? Ou apenas Salvador?

Estava assistindo ministrações, e entre elas Deus me confrontou, uma com Helena Tannure e outra com O Lúcio Barreto falando sobre isso. 

Muitas vezes dizemos em canções, em frases de efeitos que o Senhor dirige nossas vidas, mas na maioria das vezes isso não acontece. Falamos da boca pra fora, mas da boca pra dentro continuamos tomando nossas próprias decisões e fazendo escolhas sem ao menos consultar a Deus, pedir a Ele que nos guie e nos ajude. Aprendemos a pedir a Ele que nos proteja, que nos perdoe, mas pedir que decida onde vou caminhar? Ah, isso é outra historia, afinal, nos achamos tão independentes.

Mas, a verdade é que não somos, precisamos de um Senhor. Para servir, para chamar, para conversar, para perguntar, para aconselhar e para dirigir as nossas vidas. 

Pedir a um Salvador que me salve do pecado é uma coisa, pedir a um Senhor que me ajude a não pecar, é outra. 

Pense nisso, como eu estou. Reconheço que a minha vontade é fazer da minha vida o que eu quiser, pois achava que as minhas escolhas agradariam a Deus, mas, Ele ta falando que não, que eu preciso dar esse lugar a Ele, e você também precisa. 






Jesus, seja nosso Salvador e Senhor de nossas vidas, amém!

"Deixem-se encontrar", em nome de Jesus!

"Enquanto o "amor" não sair de mero "arrepio na barriga" e virar uma decisão coerente com a vida e os sonhos de um casal, a gente continuará se arrebentando em sonhos com príncipes encantados e mulheres perfeitas." - Mateus Machado em MVC

Estava no site do MVC e encontrei um texto que me chamou muita atenção, e cada vez que releio encontro muito mais verdades do que imaginei. O texto é do Mateus Machado colunista do MVC (Minha Vida cristã - Confira) e fala sobre relacionamentos, e mais que isso derruba muita besteira que o povo fala por ai. 

O título desse post foi uma das coisas que mais me chamou a atenção no texto dele, afinal, eu posso afirmar que "espero" o amor da minha vida, mas isso não significa que estou "deixando-me ser encontrada por ele". 
Encontro-me na fase adulta e não há mais espaço para alimentar fantasias de adolescentes como "Vou namorar um príncipe (ou princesa)"; "Vou viver um conto de fadas da Disney" e toda essa fantasiada que só acontece em filmes.

O que isso quer dizer? Quer dizer que nenhuma teoria adianta se você não decidir viver isso na realidade. Uma pessoa pode desejar ardentemente viver uma paixão, mas isso será impossível, se por exemplo, ela viver em um deserto (ou só se ela se apaixonar por um camelo rs). Enfim, uma pessoa que decide querer viver tal coisa, tem que fazer mais do que ter vontade, tem que ter disposição. 

Os homens não vejo com tantas dificuldades em relacionamentos (isso não significa dizer que eles não tem dificuldades, existem muitos homens frustrados e sem atitude por aí) como as mulheres que idealizam mais do que encontram, ou seja, em sua mente ela quer uma coisa, mas quando se choca com a realidade se fecha e desisti de querer viver qualquer outra coisa, que pra ela já está fora de questão. Não digo que devemos reduzir nosso "padrão de qualidade", mas que devemos estar dispostas a conhecer e até desenvolver uma relação de amizade, para que possamos até ganhar entendimento e amadurecimento em relação ao sexo oposto. 

Como os homens se atraem facilmente por uma boa aparência, as mulheres também não sentem vontade de se aproximar do cara mais feio da turma, ou do cara mais nerd do grupo, mas ás vezes é essa pessoa que apresentará caráter e dignidade para manter um relacionamento duradouro. 

Não corremos atrás de estereótipos, e sim de um amor.
Não fazemos questão de ver bíceps enormes, e sim de alguém que preenche aquilo que antes está vazio.
Poemas, versos e poesia são lindos (eu mesma sou apaixonada por eles), mas a maioria das vezes só precisamos de um coração sincero. 

Não precisamos de historias mirabolantes, só precisamos que funcionem e que valham a pena. Um simples passeio na rua, uma pizzaria com os amigos, um passeio não programado no fim da tarde, são essas coisas que fazem o coração sorrir e alegram a alma. 

Existem muitas pessoas escondendo-se por aí, inclusive eu! 
Sim, eu nem sempre estou disposta a um relacionamento, na maioria das vezes não e quando estive, não houve reciprocidade. Então, como posso culpar alguém ou até a Deus por não estar em um relacionamento agora? Isso não faz com que eu derrube a teoria do Eu Escolhi Esperar (eu sou membro do movimento), mas, muita gente usa essa desculpa por que na realidade não está disposto a encontrar ou ser encontrado por ninguém! Fica dizendo que está esperando no Senhor, mas nada lhe agrada, não sai pra conhecer ninguém e vive dentro de casa "esperando" que um anjo venha do céu e lhe der um ser humano embrulhado de presente. 

As pessoas hoje em dia não estão nem aí, nem mesmo os cristãos. Não cultivam, não criam laços e nem estão dispostos a relacionamentos. Muitas vezes entram em um casamento e nem sabem direito o que fazer, e vivem uma vida oprimida, desgastada, e o mais triste: Por obrigação. 

Estou lutando para não fazer parte desta geração, ás vezes fico pensando, poderia ser mais simples, pelo menos para aqueles que buscam conhecer a Deus e descobrir seus desígnios, mas não é, por que temos mania de transformar coisas simples em um mar tempestuoso! 

Temos o próprio Amor ao nosso lado, dentro de nós, mas isso não nos impede de sofrer, de se decepcionar, de magoar ou ser magoado, e sabe por que? Por que na maioria das vezes é essa experiencia que nos torna aptos para a vida. Chorar nunca matou ninguém, mas as mágoas tem matado muita gente; sorrir nunca causou doença, mas tem gente que olha pro seu dia e não acha nenhum motivo pra sorrir. 

Se você tem vontade de se formar em uma profissão, esteja disposto a estudar.
Se você tem vontade de ajudar alguém, esteja disposto a se doar.
Se você tem vontade de fazer qualquer coisa, saiba que só a vontade não basta, tem que ter disposição.

E se você quer namorar, noivar, casar... Enfim, a lição de hoje aprendida através do Mateus é "Deixem-se encontrar, em nome de Jesus! 

Re(começar)

Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário "Recomeçar". 

Recomeçar é dar uma nova 
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.
Chorou muito?
Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os outros.
Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora.
Pois é!

Agora é hora de iniciar,
de pensar na luz,
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,
ou aquele velho desejo de apender a pintar,
desenhar,
dominar o computador,
ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio.
Quanta coisa nova nesse mundão
de meu Deus te esperando.
Tá se sentindo sozinho?
Besteira!
Tem tanta gente que você afastou
com o seu "período de isolamento",
tem tanta gente esperando apenas um
sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem
nós mesmos nos suportamos.
Ficamos horríveis.
O mau humor vai comendo nosso fígado,
até a boca ficar amarga.

Recomeçar!
Hoje é um bom dia para começar
novos desafios.
Onde você quer chegar?
Ir alto.
Sonhe alto,
queira o melhor do melhor,
queira coisas boas para a vida.
pensamentos assim trazem para nós
aquilo que desejamos.
Se pensarmos pequeno,
coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.
Joga fora tudo que te prende ao passado,
ao mundinho de coisas tristes,
fotos,
peças de roupa,
papel de bala,
ingressos de cinema,
bilhetes de viagens,
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora.

Mas, principalmente,
esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida,
para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis,
somos sempre capazes de amar
muitas e muitas vezes.
Afinal de contas,
nós somos o "Amor".

- Carlos Drummond de Andrade